domingo, 1 de novembro de 2015

"PIETÀ FLORENTINA" MICHELANGELO BUONARROTI


Tenho uma paixão imensa por esta escultura e por todos os enigmas que a rondam até hoje. A escultura é composta por quatro figuras dispostas num formato piramidal, estando Jesus no centro. Esculpida em mármore aos setenta e cinco anos de idade, mas não chegou a ser finalizada. 

Nicodemo (auto-retrato) sustenta o corpo de Cristo; do lado esquerdo esta Maria, sua mãe, que o abraça carinhosamente; do lado esquerdo, Maria Madalena, que ajuda a sustentar o corpo apoiada sobre o joelho direito. 




O Cristo ao centro com suas formas alongadas, atribuídas ao Maneirismo, mãos grandes e belas, um rosto sereno, sem as torções dramáticas. Pura serenidade.
Alguns contam que durante o processo a escultura trincou e Michelangelo, e frustrado tentou destruí-la a golpes, mas foi detido por seu criado, a quem presenteou a obra inacabada. Mas tem aqueles que afirmam, que seu amigo e aluno, Tibério Calcagni, concluiu os traços do rosto de Madalena e posteriormente vendida a Francesco Bandini por duzentos escudos. 
Alguns estudos recentes afirmam que a obra foi fragmentada em golpes violentos, num momento de fúria e frustração ao se deparar com uma rachadura, como representado no esquema abaixo.

Costumo dizer que sua obra esta repleta de um lirismo sem fim, e que todos os dramas e enigmas a torna extremamente apaixonante. A esta obra dediquei muitas horas de estudos, o que culminou por um acrílico sobre tela dominado por nuances de vermelho e dourado. Uma bela tela, a qual tenho uma paixão particular.


domingo, 4 de outubro de 2015

ARTE E PERSPECTIVA - UM OLHAR SOBRE O RENASCIMENTO


Organizada pelo Centro Educacional Leonardo da Vinci, a mostra acontece na praça central do Park Shopping, e conta com 50 peças entre replicas pinturas e de engenhocas maravilhosas. Grandes nomes como Michelangelo, Donatello, Leonardo da Vinci, Masaccio e outros grandes nomes do Renascimento. Com foco em perspectiva linear, um tema que me fascina mesmo antes de começar a pintar, e que com certeza irá agradar a todos.

"A ADORAÇÃO DOS MAGOS"(GALLERIA DEGLI UFFIZI)

ARTE E PERSPECTIVA
DE 20 DE SETEMBRO A 15 DE OUTUBRO
PRAÇA CENTRAL DO PARK SHOPPING
ENTRADA FRANCA

sexta-feira, 3 de julho de 2015

LIRISMO DOS PÉS DESCALÇOS

Ao meu redor tinham pedaços de tecidos, retalhos e tubos de linha...

"Pequenina almofada de agulhas parecendo um porco espinho.
Plantas na janela...
Pardais cantando me fazendo ter a sensação que era fim de semana, 
como se isso fosse diferente em outros dias.
Meus olhos e ouvidos de criança...
A luz daquela sala era especialmente diferente,
cobrindo alguns pontos de dourado.
O tempo de contos de fadas e deslumbramento pelo mundo.
Guerreiro de armadura...
Superman ou Wolverine...
Dragão ou guerreiro na armadura...
O que quer que fosse, era sempre muito mágico.
Mas tinha algo que sempre era. Um grande cientista. Todos um dia fomos...
Construía o que quer que fosse, mesmo que nem todos vissem.
Correr e pular... pés descalços minha gente.
Tudo tão bom... 
E diga ao mundo que meus sonhos de algodão doce dissolvem na língua.
Abraço de amigos ou brigas. Tudo resolvido em poucos instantes e sem mágoas.
O mundo numa velocidade incrivelmente lenta.
Pés velozes... A pressa em tudo.
Fogos e rojões. 
Pé-de-moleque e chocolate.
Finanças em pote de moedas.
Tudo é uma grande descoberta.
Nadar num rio de águas
geladas.
Bola de gude, pipa e carrinho de madeira.
Álbum de figurinhas e promoções fantásticas para ganhar garrafinhas. 
Refrigerantes com sabores fantásticos.
A modernidade dos brinquedos de montar.
Livros e gibis...
Desenhamos por linhas tortas e pintamos fora dos círculos...
Risadas... Felicidade sem fim.
Rosto sujo de travessuras, doces ou frutas.
Fechamos os olhos e giramos...
Giramos muito até ficar tonto e cair.
Dali olhamos o céu...
A beleza de tudo.
A vida num pema de criança."

(A.M.A.S.)